×

Resumo do carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Bem vindo(a)! Já é cadastrado?
vendas@compremudas.com.br (43) 9 9654 1237 (41) 3180-0076
Oferta!

BIFRENÁRIA ALBA – CORTE

R$66,06 R$46,67

ou 6x de R$7,78 s/ juros

Em estoque

Descrição

Bifrenaria é uma gênero latino americano de orquídeas descrito pela primeira em 1827, mas até hoje não definido totalmente e sobre o qual ao longo desse dois séculos pairaram muitas duvidas e mudanças de nome.
Atualmente é composto por cerca de 20 espécies divididas em dois grupos principais de plantas com flores grandes e flores pequenas, com algumas subdivisões percebidas na morfologia e confirmadas pela filogenia. É um assunto complexo e de muitas variáveis, sendo mais interessante o cultivo da planta que também tem suas particularidades.

No Brasil começa pela Amazônia onde habita desde as matas mais elevadas em Roraima e proximidades dos Andes até as florestas de baixa altitude na várzea dos igapós e igarapés. Em áreas montanhosas e bem iluminadas da Bahia e Minas gerais, como na Chapada Diamantina também são encontradas Bifrenarias. É um genero que se adapta muito bem ao clima brasileiro onde ocupa ainda habitats na Mata Atlântica e serra do mar nos estados da Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo, seguindo pelo Paraná, Mato grosso descendo até o Rio Grande do Sul.

As flores são perfumadas e têm sépalas um pouco maiores que as pétalas. Seus pseudobulbos são de quatro lados(tetragonados) e muito robustos, normalmente guarnecidos por bainhas secas na base. As Bifrenarias possuem uma só folha no ápice, exceto a Bifrenaria steyermarkii que ocasionalmente apresenta duas folhas. Uma característica que ajuda a definir a espécie é a forma das folhas das bifrenarias, que são plicadas, nervuradas, com consistência coriácea e pouco espessa, se apresentando maleável.
Suas raizes carnosas tem espesso velame protegendo a raiz, característica que indica que são mais adaptadas a vida nas árvores e sob Pedras controlando a evaporação durante o dia. Quanto ao clima as Bifrenarias são encontradas em três tipos principais de habitats:
O primeiro tipo de habitat abrange áreas bem iluminadas onde vegetam enraizadas de maneira epífita em árvores de folhagem mais rala e muito frequentemente de maneira rupícola sobre rochas em áreas abertas das florestas.
Por existir essa variação de possibilidades de cultivo as Bifrenarias podem ser plantadas em vasos de barro, vasos de plástico (depende de substrato de secagem rápida), cachepô de madeira e também cultivadas diretamente fixa em casca de madeira rugosa, como por exemplo a casca de peroba. O plantio direto na madeira é excelente, pois proporcionam alta aeração e secagem rápida, que evita o apodrecimento das raízes sendo ideal para ambientes umidos.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “BIFRENÁRIA ALBA – CORTE”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *